Para quem pretende fazer um transplante capilar, há a dúvida quando se ouvem os termos FUT (Follicular Unit Transplantation) e FUE (Follicular Unit Extraction), bem como qual técnica é preferível para caso a caso. Por isso, listamos as principais diferenças para quem quer saber como é o procedimento de cada um e seus diferenciais.

Diferença entre FUE e FUT no PROCEDIMENTO

No método FUT, há a retirada de uma faixa/strip de cabelo, geralmente de 10 centímetros, que serão separadas para inserir as Unidades Foliculares mais resistentes na área receptora, em um procedimento que dura um dia. Já no FUE, a retirada é feita uma a uma das unidades foliculares, havendo também a separação das melhores UF’s posteriormente e um operatório que pode ser de um ou dois dias.

Diferença entre FUE e FUT no PÓS-OPERATÓRIO

Por sua retirada unitária, na FUE não há pontos ou suturas, ao passo que as cicatrizes são minimamente perceptíveis. Já na técnica FUT, as cicatrizes são lineares, podendo ter até 15 centímetros, e existem pontos que devem ser retirados em um período de 10 dias.

Diferença entre FUE e FUT na SEGURANÇA

Justamente devido a essa retirada unitária, a FUE se utiliza de um método minimamente invasivo para obter resultados naturais, enquanto que, na técnica FUT, ela é invasiva, se formando tufos no couro cabeludo.

 

AGENDE SUA CONSULTA COM A IMCAP:

📞👉 Belo Horizonte: (31) 4101-5372
Whatsapp direto: http://bit.ly/whatsapp-imcap-bh

📞👉 Criciúma: (48) 3437 6117
Whatsapp direto: http://bit.ly/whatsapp-imcap-criciuma

📞👉 Curitiba: (041) 3079-2282
Whatsapp direto: http://bit.ly/whatsapp-imcap-curitiba