Implante e transplante capilar: Se as duas palavras, a princípio, se parecem em relação à correção de calvície, elas carregam uma diferença vital em relação à forma de se implantar folículos capilares nas regiões que necessitam de cabelo.

No implante, a realização ocorre através da inserção de fios artificiais, que buscam corrigir a calvície ou danos causados por cicatrizes. É um método pouco utilizado, pois influem em maior risco de rejeição, sendo necessário o uso de medicamentos específicos, o que inviabiliza este tipo de tratamento.

Por sua vez, o transplante usa folículos presentes no próprio corpo do paciente, que são retirados de uma área doadora e posteriormente transferidos para uma área receptora do couro cabeludo. O que torna o tratamento totalmente natural e sem rejeição, sendo muito mais seguro e viável para os pacientes.

O transplante capilar ainda pode ser realizado de duas formas, pela técnica FUT, com a retirada de uma faixa de tecido do couro cabeludo, ou FUE, quando os folículos são removidos unitariamente e depois separados para inserir na área calva.

Atualmente a técnica mais procurada é a FUE, pois, neste caso não existe cicatriz linear, somente cicatriz puntiforme muito discreta.

Transplante Capilar, onde fazer?

Conheça nossas unidades e agende sua consulta:

  • Belo Horizonte: (31) 4101-5372 — Dr. Daniel Dourado
  • Criciúma: (48) 3437 6117 — Dr. Eduardo Favarin e Dra. June Favarin
  • Curitiba: (041) 3079-2282 — Dr. Leandro Mauro